O que estamos criando?

O que estamos criando?

Vivemos num mundo onde a todo momento somos levados a assumir posições diante de um sistema de crenças já estabelecido, que nos envolve e constrói nossa sociedade.
Inúmeras opções de credos e ideologias se abrem diante de nós e esperam por nossas escolhas.
Nosso comportamento e estilo de vida são marcados pelos valores com os quais comungamos.
Estabelecemos nossos relacionamentos sob a supervisão de rígidos códigos de conduta e moralidade.
Elaboramos nossas criações sob o pesado crivo social.
Caminhamos envolvidos por um imenso arcabouço de regras e leis que nos mantém sob a pressão do julgamento entre um ‘certo’ e um ‘errado’.
Apesar dos apelos pela paz e a união entre as pessoas, cresce no mundo a sensação de medo e insegurança, que nos afasta do convívio harmonioso.
Estamos cada vez mais distantes da Natureza e de uma vida em sintonia com seus ritmos e com os ritmos naturais do nosso próprio corpo.
Segue aumentando o número de pessoas que vem se sentindo desorientadas e vazias quanto a um propósito para as suas vidas.
Parecemos estar mergulhando em um campo coletivo de depressão e insanidade.

Que mundo estamos criando? E por quê?

O que nos fez caminhar nesta direção?
E por que razão, diante de tamanho avanço científico e tecnológico como o que presenciamos, não conseguimos lucidez e habilidade suficientes para gerarmos mudanças positivas no sentido de resgatarmos nossa integridade enquanto seres humanos?
O que está nos acontecendo?
Ou ainda… O que nos aconteceu?

Este é um movimento em busca de respostas e de compreensão.
Um movimento que chama pela reflexão e pela mudança.
Um movimento que já nasce com uma escolha bem definida:

‘Escolho SER LIVRE. Eu quero a VERDADE.’

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *